O aumento da produtividade de colaboradores é uma das principais preocupações de empresários na atualidade.

Estruturas enxutas e recursos muitas vezes limitados, são fatores que podem levar pequenas e médias empresas a prorrogarem o investimento em recursos humanos.

Nesta matéria, gostaríamos de falar um pouco sobre o Plano de Carreira, sua importância e razões pelas quais ela é considerada como uma ferramenta altamente eficaz para potencializar a motivação e o aumento de produtividade.

Sabemos que remuneração compatível às funções e condições de trabalho adequadas são aspectos relevantes para a retenção de colaboradores.

No entanto, grande parte dos empresários desconhecem que uma das principais motivações de retenção de um colaborador está nas perspectivas de crescimento que a empresa é capaz de oferecer.

O Plano de Carreira é o marco que promove essa perspectiva porque, além de oferecer claramente um retrato das atividades e performance do colaborador, permite que ele saiba quais são seus próximos passos e as necessidades de desenvolvimento que ele tem para atingir tais conquistas.

Pensando na importância e na força que o Plano de Carreira pode representar para seu negócio, elencamos algumas perguntas e respostas para melhor esclarecimento. Vamos lá?

Qual é o momento certo de implantar um Plano de Carreira?

A implantação do Plano de Carreira pode ser feita a qualquer momento, independentemente do tamanho ou momento da empresa.

Nossa experiência se baseia na estruturação de regras sob medida para a realidade de nossos clientes.

Quais são os impactos financeiros que o Plano de Carreira pode gerar?

Promoção é, sem dúvida, uma das recompensas mais desejadas pelos colaboradores porque reconhece não só profissionalmente como financeiramente também.

No entanto, atualmente, existem alternativas acessíveis para as empresas que podem causar impactos muito positivos no que se refere à motivação e aumento de produtividade.

Quais são os passos para implantar o Plano de Carreira?

Nossa metodologia consiste em 3 passos:

  1. Diagnóstico Organizacional: quem é, como está estruturada, qual é a cultura organizacional, estratégia e metas de crescimento
  2. Entendimento de Recursos Humanos – quem são seus colaboradores, suas atividades e competências
  3. Capacidade de investimento – quanto a empresa está disposta a investir em recompensas

A partir daí, elaboramos as regras e metodologia de avaliação de performance que ajudam na correta avaliação e recompensa para cada colaborador.

Quais serão os ganhos que a empresa terá com o Plano de Carreira?

Os ganhos são inúmeros! Mas, vamos elencar os principais:

  • Transparência nas relações entre colaborador e empresa;
  • Comprometimento – quanto maior a dedicação, maiores são as chances de crescimento para ambas as partes;
  • Retenção de talentos – com regras e metas claras, o colaborador se mantem na empresa porque sabe o que precisa desenvolver e aonde pode chegar;
  • Aumento da motivação e produtividade – sabendo que será reconhecido, o colaborador estará mais atento e dedicado à conquista de resultados.

Se você ainda tem dúvidas sobre implantar um Plano de Carreira ou quer saber mais informações a respeito, entre em contato conosco. Será um prazer dividir nossa experiência com você!

Open chat