Se você é um empresário ou executivo de uma PME, provavelmente é impactado diariamente com notícias de empresas que nasceram do zero e conquistaram resultados surpreendentes em pouquíssimo tempo.

Imediatamente, ao final da matéria, você começa a pensar: por que essa não é a realidade da minha empresa?

As respostas, na maioria das vezes, podem estar relacionadas a sorte, enxergar uma oportunidade ou, até mesmo, criatividade para encontrar uma solução inovadora.

Neste momento, é inevitável refletir sobre as lições deste aprendizado que, muitas vezes, causam sensações como angústia e/ou desejo de transformação, nem sempre possíveis principalmente porque nos deparamos com uma barreira chamada “investimento”!

É então que convidamos você a refletir até que ponto o “poder de investimento” é a principal barreira de crescimento de sua empresa.

Considerando que esses “fenômenos empresariais” nasceram, na maioria das vezes, de empresários que tinham pouquíssimo ou nenhum poder de investimento, concorda comigo que “dinheiro” não é a principal variável de sucesso?

Em um de seus relatórios sobre “scale up’s”, a Endeavor apontou que os principais desafios a serem superados por estas empresas foram aqueles que estavam “dentro de casa”, tais como a gestão de pessoas, ações adequadas de marketing e vendas e planejamento.

E pode acreditar: essa realidade é uma constante na maior parte das PME’s e a explicação pode ser resumida em alguns fatos:

Gestão solitária:

45% dos empresários que participaram da pesquisa relataram que se sentem sozinhos na gestão das suas empresas. E isso se deve ao fato de que a maioria não tem tempo, habilidade ou, até mesmo, segurança para desenvolver líderes dentro de suas próprias empresas.

Funcionários ao invés de Colaboradores:

Independentemente do tamanho de sua empresa, é fundamental que todos estejam alinhados à estratégia.

O segredo está na capacidade de tornar Funcionários em Colaboradores e cada departamento, em Unidade de Negócios, capaz de gerar receita direta ou indireta.

Produtos ou Serviços incompatíveis com a realidade de seus clientes:

Seus produtos ou serviços são adequados? Se eles e as estratégias de marketing e vendas não estiverem alinhados com a necessidade do cliente, pode ter certeza de que você tem um problemão para resolver. A pergunta é: você conhece, realmente, seu cliente?

Planejamento/Plano de Negócios:

Isso pode parecer óbvio para a grande maioria. Mas, acredite, muitas empresas não realizam um planejamento anual. Neste caso, mais uma reflexão: como saber se o caminho é correto se não se sabe aonde quer chegar?

Talvez, além desses quatro fatos que citamos nesta matéria, você e sua empresa podem estar enfrentando outros desafios. Mas, se você identificou ao menos um deles como algo real, tenha certeza de que as soluções podem ser muito mais simples do que você imagina e nós podemos ajudá-lo!

Conte para nós o que você achou deste post! Nós adoramos trocar ideias!

Open chat