Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 20 de julho de 2020, a taxa de desocupação cresceu de 12,4% para 13,1%, atingindo 12,3 milhões de pessoas no país.

Com menos postos de trabalho e o cenário econômico impactado pelos efeitos do Coronavírus, a preocupação com o desemprego cresce, principalmente nos casos de profissionais que atingiram a maturidade e que temem a dificuldade de recolocação no mercado de trabalho.

No entanto, é importante lembrar que, atualmente, a idade não é necessariamente um impeditivo para a contratação nas empresas.

Na realidade, a contratação de profissionais maduros tem sido uma tendência adotada por uma série de empresas que acreditam que isso pode promover um certo equilíbrio ao ambiente de trabalho, onde predomina uma geração de profissionais mais jovens e com uma formação mais generalista.

Por isso, a ideia de redução de oportunidades de trabalho com a chegada da maturidade é falsa. Na verdade, perder uma posição para um candidato mais jovem se deve a outros fatores que gostaríamos de destacar nesta matéria.

1 – Falta de atualização

Infelizmente, uma boa parte dos profissionais deixam de lado a necessidade de atualização constante, tão exigida nos dias de hoje.

Para evitar isso, é importante que o profissional mantenha o hábito de atualização, seja através da leitura diária de notícias e da participação em cursos e workshops ligados não só a área de atuação como, também, em outros segmentos. Esta é uma excelente forma de ampliar os horizontes.

2 – Acesso às novas tecnologias e metodologias de gestão de pessoas.

Todos os dias somos surpreendidos por novas tecnologias e metodologias de gestão de pessoas que chegam ao mercado. 

Estar atento a esses movimentos e entender as funcionalidades é fundamental! Assim, você não será pego de surpresa em uma possível oportunidade que venha pela frente.

3 – De olho em novos idiomas

Infelizmente, uma grande parte dos profissionais ainda perdem excelentes oportunidades por não falar um idioma fluentemente.

Inglês e espanhol, minimamente, são dois idiomas essenciais para qualquer profissional que queira se destacar no mercado de trabalho.

O fato de nunca ter trabalhado em uma empresa que exigisse o contato com outros países não pode ser uma desculpa para não se dedicar a um bom curso de idiomas.

Aqui, a ideia não é o passado e, sim, estar preparado para se destacar em futuras oportunidades.

Ao contrário dos estereótipos, a maturidade é altamente valiosa para as empresas desde que o profissional se mantenha em processo de atualização constante.

Você ainda tem muita energia para contribuir com o sucesso das empresas! Invista em você!

Open chat